Um hotel quatro estrelas próximo à estação de Kyoto

Uma das minhas preocupações ao procurar onde ficar em Kyoto foi que o hotel estivesse próximo à estação de trem da cidade (Kyoto Station), uma vez que chegaríamos e sairíamos por ela, além de ser a estação onde pegaríamos o JR para visitar alguns templos mais distantes. Nossa escolha foi pelo quatro estrelas Kyoto Century Hotel.

A localização do hotel não poderia ser melhor, além de ficar a 3 minutos a pé da saída da estação que fica em frente à Torre de Kyoto (Kyoto Tower), está em uma área com vários restaurantes e lojas ao redor. Pela proximidade foi fácil chegar ao hotel mesmo carregando nossas malas. Para chegar ao lobby, que fica um andar acima da entrada do hotel, é preciso pegar uma escada rolante (há também elevador).

Nosso check-in foi feito rapidamente e conseguimos ir para o quarto, mesmo tendo chegado um tempo antes do horário de check-in. Como expliquei nesse post, mandamos nossa mala do nosso hotel em Tóquio para o Kyoto Century Hotel, através do sistema de transporte de malas entre cidades. No momento do check-in, um funcionário já trouxe nossas malas, sem problema algum, sem nem precisar pedirmos, só por apresentar a reserva. Esse serviço é realmente ótimo se você circular por muitas cidades no Japão.

lobby-kyoto-century-hotel

Nosso quarto era da categoria Duplo Superior Grand Comfort na área de não fumantes, no 9º andar. Mais uma vez vale ressaltar que alguns hotéis no Japão ainda possuem quartos para fumantes. O quarto era todo acarpetado, com exceção do pequeno corredor da entrada, onde ficam os tamancos japoneses para usar pelas dependências do hotel e as pantufas para usar no quarto. O armário, diferente do que estamos acostumados em outros hotéis, era aberto, com alguns cabides.

Na acomodação, um móvel em madeira escura bem espaçoso, ideal para quem precisa trabalhar, com detalhe para o abajur e despertador em modelo retrô. Neste móvel fica o frigobar com duas garrafas de água cortesia que eram repostas a cada diária, sendo permitido gelar bebida que traga de fora. Nas gavetas, uma chaleira elétrica com sachês de chá e café, além de duas xícaras em uma porcelana super delicada. Na última gaveta fica o cofre de segurança. Acima, uma grande televisão de tela plana com vários canais, mas como em vários hotéis japoneses, poucos canais internacionais.

mobiliario-quarto-kyoto-century-hotel

A decoração clássica do quarto dá um ar requintado à estadia. A cama é bem confortável, com travesseiros bons e macios, o que pode parecer besteira, mas travesseiro em hotel no Japão pode ser bem duro. Aos pés da cama, uma pequena mesa com tampo de vidro e um poltrona. A vista era para a rua, sem grandes atrações e complementando as cortinas foram eficazes em manter o quarto escuro mesmo pela manhã. O ar condicionado funcionava muito bem, mantendo uma boa temperatura do quarto, em especial na época em que fomos, no verão. A conexão wi-fi gratuita funcionou muito bem no nosso quarto e nas dependências do hotel, porém nossas amigas que estavam em um quarto do outro lado do hotel, tiveram problemas com conexão no quarto.

quarto-kyoto-century-hotel

O banheiro bem amplo era dividido em três partes, sendo uma a do reservado com vaso sanitário eletrônico como todos no Japão. Uma área “molhada” com banheira e outra parte com o chuveiro, o que achei ótimo, pois não sou muito fã de tomar banho em pé dentro da banheira. Como em outros hotéis japoneses, shampoo, condicionador e sabonete líquido disponíveis em frascos grandes. A terceira área, central, onde fica a pia e um enorme espelho. No mobiliário, kit de amenidades para higiene pessoal e bucal, secador de cabelo e os yukatas (roupões japoneses). Na pia, algo que achei perfeito, e diferencial, foi o hotel disponibilizar sabonete líquido facial.

banheiro-kyoto-century-hotel

O hotel possui alguns restaurantes como: o All Day Dining La Jqho que oferece buffet de café-da-manhã com itens de estilo japonês, bem como outras refeições leves durante todo o dia; o Casane com vista para o jardim e que oferece menu com preço fixo no almoço e jantar; o teppan-grill Bonheur, especializado em carne como Wagyu beef e frutos do mar frescos; uma loja de doces no lobby, a Joie Joue; e o Bar Essex, onde inclusive tomamos ótimos drinks durante o happy hour, momento em que as bebidas têm desconto de 50% no valor.

bar-essex-joiejoue

Além disso, o restaurante Rantei apresenta um sushi-bar e serve pratos da cozinha japonesa, além de oferecer o buffet de café da manhã, que estava incluído em nossa diária. Durante o café são servidos dumplings e outras opções orientais, mas também pães, frios e queijos, frutas e até sorvete incluído. Não foi o melhor café da manhã que tomei no Japão, mas valeu para experimentar diversos sabores exóticos de sorvete. Sim, me esbanjei no sorvete já no café.

cafe-hotel-kyoto

Outra facilidade que notei, foi o fato de sempre ter um táxi na porta do hotel. Como estávamos em quatro pessoas, muitas vezes saía mais barato usar o táxi e a grande dica é mostrar o endereço em japonês para o motorista, porque infelizmente eles não entendem direito nosso inglês. Inclusive uma vez fomos levados para o hotel errado, porque o motorista não entendeu o que falamos. Como os japoneses são muito corretos, o motorista se desculpou, nos levou para o endereço correto e ainda parou o taxímetro bem antes de chegar ao hotel para “reparar” o erro.

Sobre a troca de dinheiro na recepção, eles também possuem um valor limitado por quarto e a cotação era sempre a pior, portanto, optamos por trocar nas lojas de departamentos ou na própria estação. Ficamos muito satisfeitos com nossa hospedagem no Kyoto Century Hotel e recomendamos, não só pela localização, mas também pelo conforto.

Endereço: 680 Higashi Shiokoji-cho, Shiokoji Sagaru, Higashinotoindori, Shimogyo-ku – Tel.: +81-75-351-0111

Resumo

Acomodação: Quarto acarpetado com cama confortável, travesseiros macios, banheiro amplo e completo.

Localização: Boa localização, próximo à estação de trem de Kyoto.

Atendimento: Equipe atenciosa, porém com dificuldade em entender outros idiomas que não o japonês.

Alimentação: Café da manhã em sistema buffet básico, com opção oriental e ocidental. Outros restaurantes com diversos tipos de culinária a disposição dos hóspedes.

Serviços: não experimentamos serviços do hotel.

Facilidades: Internet gratuita de boa velocidade nas áreas comuns do hotel, porém dependendo da posição do quarto, o acesso pode ser dificultado. A troca de dinheiro no balcão da recepção do hotel é limitada.

Vai para Kyoto? Reserve sua hospedagem clicando nesse link do Booking.com.

Você não paga nada mais por isso e ajuda a manter o Maior Viagem no ar!