Rio Montreux Jazz 2020 será em maio

Mais uma vez o Rio se tornará a capital latino-americana do jazz. Entre os dias 28 e 31 de maio, o Pier Mauá recebe o Rio Montreux Jazz. Além disso, o evento também se espalhar pela cidade em cinco palcos urbanos nos dois últimos dias e o Fairmnot Rio recebe mensalmente shows para aquecer o público.

Antes mesmo de começar a programação oficial do evento, o Rio Montreux Jazz Festival Sessions, que levará à charmosa piscina do Fairmont Rio de Janeiro Copacabana shows para fazer o público carioca entrar no clima. Já entre os dias 28 e 31 de maio acontece o ápice do evento. Os organizadores ainda não anunciaram as atrações.

Criado na Suíça em 1967, o Montreux Jazz Festival desembarcou no ano passado no Rio de Janeiro para sua estreia em um país da América Latina. Por aqui, o evento seguiu os moldes do realizado na Europa, reunindo cerca de 40 artistas de variados gêneros para apresentações gratuitas e shows pagos. O Pier Mauá recebeu três palcos nomeados em homenagem a grandes estrelas da música brasileira: Ary Barroso, Tom Jobim e Villa-Lobos. O festival Rio Montreux Jazz Festival também tomou conta da cidade com espaços montados para apresentações no Parque de Madureira, Largo do Machado, Praça Nossa Senhora da Paz, em Ipanema e outros locais da cidade com o Montreux Urbano.

O sucesso da primeira edição do Rio Montreux Jazz Festival foi reconhecido pelo Prêmio Colunistas, uma iniciativa da Associação Brasileira dos Colunistas de Marketing e Propaganda – Abracomp, com o objetivo de destacar os mais notáveis trabalhos de Comunicação de Marketing realizados por empresas e profissionais atuantes no Brasil. O festival foi premiado na categoria que avalia os eventos promocionais e live marketing.